segunda-feira, 10 de setembro de 2018

[NEWS] Lomosonic em mais uma viagem internacional


As coisas boas vêm para aqueles que esperam. Depois de 13 anos no mundo da música, os emo-rockers Lomosonic subiram ao palco no GMM Live House, na CentralWorld, em 2 de setembro, para seu primeiro show em grande escala, o Anti-Gravity.

Anti-Gravity é também o título do terceiro álbum da Lomosonic. Lançado no ano passado, é o primeiro álbum deles com o Sanamluang Music. A coleção de 15 faixas permitiu que eles ampliassem sua base de fãs, alcançando audiências fora do reino. Eles até se apresentaram no Golden Melody Awards deste ano em Taiwan. Estes são tempos excitantes para o vocalista Aritach Poltan (Boy), os guitarristas Chatchai Ngamsirimongkhonchai (Pom) e Piti Sahaphong (Chicco) e o baterista Chandej Worngsatthanaphong (Otto).




Como foi o show do Golden Melody Awards?
Boy: Ótimo! Foi a nossa segunda vez em Taiwan e a nossa terceira vez saindo da Tailândia. Foi um bom sentimento ser convidado para um evento tão grande. O Golden Melody Awards é realizado todos os anos em junho, em Taipei. É basicamente o equivalente asiático do Grammy Awards.
Pom: Isso dura três dias. Nosso show foi na última noite. Havia também bandas de outros países como a Suécia e o Japão.
Boy: No começo, não percebíamos o tamanho do evento. Havia um longo tapete vermelho com muitas celebridades.

Vocês estavam nervosos?
Boy: Sim, muito. Eu já estava nervoso em fazer um show fora da Tailândia. O público não entenderia o que estávamos cantando e muitas pessoas não sabiam quem éramos. Isso pode ser muito estressante antes de um show. Pedi a alguns amigos que me ajudassem a aprender uma saudação em mandarim quando eu estava no palco. Isso ajudou muito.



Vocês podem nos contar sobre o seu último single, “Everyday Occurrence”?
Boy: Tem Pod do Moderndog como um rapper. É a primeira vez que temos um convidado em uma de nossas músicas.

Qual é o tema da música?
Boy: É sobre um homem que se pergunta como seria o mundo se não existisse amor. Ele acabou de ter seu coração partido, então ele está se sentindo muito negativo sobre o amor. Mas outro personagem, que é mais velho e mais sábio, tem uma visão diferente.
Pom: Nós chamamos a música de “Everyday Occurrence” porque o amor é algo que as pessoas sempre falam.

Como surgiu a colaboração com o Pod?
Boy: É o resultado de um projeto especial criado pela Sanamluang Music. Eles decidiram unir  artistas diferentes para criar novas músicas. Fomos escolhidos com Pod.
Pom: Somos todos grandes fãs do Moderndog, especialmente o primeiro álbum deles. Pod bateu em algumas das faixas do álbum, mas ele nunca mais fez isso. Nós pensamos que seria legal pedir a ele que fizesse rap novamente.


Sua música mudou muito ao longo dos anos?
Otto: Eu acho que mudou muito. Todos nós acreditamos que devemos continuar mudando e melhorando como banda.
Boy: Nossas ideias e a maneira como olhamos para as coisas também mudaram. Se você ouvir nosso trabalho anterior, você pode dizer que tivemos ideias muito negativas sobre amor e relacionamentos - muito mais emo! [Risos] Agora há mais autorreflexão e maturidade em nossa música.
Pom: A música é como o diário pessoal da banda. Ainda gostamos da escuridão do nosso primeiro álbum, mas acho que não podemos mais escrever esse tipo de coisa.

O que os fãs podem esperar do seu próximo show?
Boy: Eu gostaria de dizer a todos os nossos fãs - antigos e novos - que, se você gosta de nossa música, por favor, venha ao show. Será diferente do que você ouve em nossos álbuns. Vai ser muito divertido. Vejo todos vocês lá!

Créditos: Bangkok Post
Tradução: Deh @ TMBR
Favor não retirar sem os devidos créditos!

Nenhum comentário: