segunda-feira, 2 de julho de 2018

[NEWS] Yaan lança seu primeiro EP


Yaan é um projeto musical experimental composto por oito músicos locais multi talentosos. Os membros são uma mistura de músicos de bandas independentes conhecidas, bem como de alguns iniciantes. Eles se formaram em 2012. Agora, depois de seis anos, eles finalmente terminaram seu mini-álbum de estréia, Juti.

O grupo Yaan é composto por Chawalit Yong Saowapakpongchai (da banda Chladni Chandi), Tommy Hanson (Srirajah Rockers), Noparuj Satjawan (Govinda Bhasya), Nopakorn Worratanitkitkul (Noppakorn Lertlak), Kontun Pitukpon (Grupo Toomturn Morlam), Yaniga Lertpimonchai (Koko), Thinnawat Thaitae e Nonthikorn Samakkarn. Juntos, eles estão comprometidos em experimentar novos sons e idéias. E isso está muito em evidência no novo EP eclético.



Por que demoraram tanto para lançar o EP?
Yong: Passamos a maior parte de nossos primeiros anos tocando ao vivo e em turnê. Nós gravamos alguns materiais durante esse tempo, mas não estávamos realmente satisfeitos com os resultados. Além disso, houve algumas mudanças de formação ao longo dos anos, por isso demorámos algum tempo a desenvolver o nosso som.

Por que decidiram nomear o EP Juti?
Yong: Nosso jogador de sitar Nop chegou com o título. Pelo que entendi, juti é uma palavra que é usada quando se refere a anjos. Significa "renascer" ou "encarnação". Nop queria que o título descrevesse como cada membro vinha de bandas diferentes para fazer algo novo juntos. E o EP é uma introdução à nossa música também.

Como você descreveria a música de Yaan?
Yong: É difícil de definir. Eu o chamaria de world music, porque o nosso estilo é uma combinação de muitos tipos diferentes de música em um - blues, funk, dub reggae, música indiana, mor lam e eletrônica. O som é espiritual, mas ainda muito rítmico.



Qual é a sua faixa favorita em Juti?
Yong: Minha favorita é a música de abertura, "Echoes of Silalaeng". Eu gosto porque é muito simples. Existem apenas dois instrumentos - violão e pi phutai, que é uma espécie de flauta de Issan. Os instrumentos tocam um dueto. Eu nunca realmente ouvi falar do pi phutai até que Champ trouxe um para o ensaio um dia. Eu me apaixonei imediatamente.

Por que decidiram tocar apenas música instrumental?
Yong: Sempre foi nossa intenção ser uma banda instrumental. Alguns de nós acreditam que ter vocais em uma música pode limitar a imaginação. Com tantos músicos na banda, queríamos ter certeza de que haveria espaço suficiente para todos experimentarem e improvisarem.

Quando os fãs tailandeses adotam música experimental e instrumental?
Yong: Vocais e letras memoráveis ​​costumavam ser essenciais na música tailandesa se você quisesse ter sucesso. Mas agora acho que muito mais pessoas podem apreciar a música instrumental. Isso é principalmente graças à popularidade da música pós-rock nos últimos 10 anos. Isso tornou as pessoas mais familiarizadas com a música instrumental e experimental.

Quando poderemos esperar ouvir um álbum completo?
Yong: Espero que até o final do ano. Estamos tentando gravar mais músicas no momento. Parece que vai ser um álbum duplo, porque nós temos muitas músicas e elas têm cerca de 10 minutos.

Créditos: Bangkok Post
Tradução: Deh @TMBR
Favor não retirar sem os devidos créditos!

Nenhum comentário: