quarta-feira, 31 de maio de 2017

[NEWS] Bem a tempo!




O cantor de rock Justin Pungumpai está vivendo um sonho. Depois de passar os anos de sua adolescência idolatrando Toon, do Bodyslam, o jovem de 23 anos cresceu para se tornar uma estrela.

No ano passado, Justin assinou com o Grammy's Grand Musik e seu primeiro single, "Yoo Mai Hwai (Can't Stay)", foi viral, atingindo rapidamente 70 milhões de visualizações.

No momento em que seu segundo single "Nam Tuam Parg (Speechless)" saiu, Justin já era um dos nomes mais falados sobre a cena da música rock tailandesa. Seu último lançamento, "Natee Nee (This Moment)", mostra novamente o seu som de rock emocional e atualmente está recebendo atenção em todo o reino.

A S Weekly recentemente teve a chance de fazer uma entrevista exclusiva com Justin, onde falamos sobre seu novo single, sua popularidade e seu relacionamento com seu ídolo, Toon, do Bodyslam.





Faz um ano desde o seu último single. Por que levou tanto tempo para liberar um segundo single?

Justin: Se fosse por mim, eu lançaria uma nova música a cada três meses. Mas este é o plano de marketing da gravadora, então eu tenho que seguir as regras. É compreensível, pois há tantos artistas na gravadora esperando na fila para lançar músicas. Eu ainda sou muito novo no negócio, então eu acho que é melhor por agora.

Como foi o feedback para o novo single?

Justin: Foi muito bom até agora. Houve cerca de quatro milhões de visualizações no YouTube em menos de um mês. Toda vez que eu lanço uma música, não sei o que esperar. Portanto, é sempre um grande alívio obter tantos sucesso. Ao mesmo tempo, não tenho certeza de julgar a popularidade de uma música baseada nas visualizações do YouTube.

Por que?

Justin: Bem, não tenho certeza da precisão dos números. Ouvi dizer que as pessoas podem pagar para aumentar as opiniões sobre as mídias sociais e outras coisas. Eu acho que a única maneira de ter certeza de como você é popular é sair e fazer quantos shows forem possível. Se as pessoas podem cantar junto com suas músicas, então isso mostra que você tem uma base de fãs genuína. Eu não acho que muitas pessoas conhecem meu rosto ainda, mas eles definitivamente conhecem minhas músicas!


Como você descreveria a nova música, "This Moment"?

Justin: É um pouco mais rápido do que as minhas músicas anteriores, mas ainda tem a mesma sensação de rock sombrio. É sobre o momento em que você percebe que está perdendo a pessoa que ama.


É baseado em sua própria experiência?

Justin: todas as minhas músicas são. Eu acredito que se você cantar músicas sobre algo que realmente aconteceu com você, você pode expressar as emoções de forma mais natural. As letras de minhas músicas são escritas por uma ótima equipe chamada Bulldog. Eu contei estórias sobre experiências de relacionamento e eles escrevem as palavras para mim.


Por que todos os seus lançamentos até agora foram baladas tristes?

Justin: Eu amo músicas tristes. Eu não tenho nada contra canções divertidas e positivas, mas de alguma forma a música triste é mais atraente para mim. Quando pego um violão para brincar, costumo cantar músicas tristes. Em minhas apresentações ao vivo, eu incluo algumas capas de rock divertidas e energéticas. Mas quando se trata de minhas próprias músicas, eles são sempre tristes.

Como se sente estar na mesma gravadora do seu herói Toon, do Bodyslam?

Justin: É muito legal. Ele sempre me dá bons conselhos sobre cantar e tocar. Quanto mais eu o conheço, mais eu o admiro. Alguns meses atrás, fizemos uma maratona de caridade juntos para arrecadar dinheiro para o Bang Saphan Hospital em Prachuab Khiri Khan. Corri por apenas um dia e quase estava morto. Mas Toon continuava todos os dias até completar 400 quilômetros. Ele deve ter superpoderes ou algo assim. [risos.]


Créditos: Bangkoc Post
Tradutor: Deh @TMBR
Favor não retirar sem os devidos créditos.

Nenhum comentário: